Assume o teu Destino com Felicidade

Bem vindo às Viagens da Helena! É com um enorme prazer que te recebo no mundo das Viagens de Vida e do Coaching. Desafio-te com uma escolha difícil: Assume o teu Destino com Felicidade!

Talvez tenhas chegado até mim através de uma amiga, ou de um Workshops ou Jantar em que participaste, ou quem sabe pelo Facebook ou até do Instagram, se calhar através de uma pesquisa no Google. Algo te trouxe até aqui. E por isso agradeço o teu interesse.  Este titulo Assume o teu Destino com Felicidade deve ter-te provocado curiosidade.

Falar sobre Destino com Felicidade é um privilégio. E Ser Feliz é uma condição obrigatória na minha vida. É um modo de Ser. 

Confesso que tenho necessidade de distinguir a sensação de me Sentir Feliz da realidade de Ser Feliz. Para mim, não são a mesma coisa. Sentir é o momento. Ser é a existência. A sensação de felicidade corresponde ao momento vivido no agora. E ao longo de um dia todos temos imensos momentos com diversas sensações, boas e más.

A realidade da Felicidade presente na minha vida é como o ar que respiro. Ser Feliz é uma escolha que fiz para a minha vida. E isso é assumir o meu destino.

DESTINO COM FELICIDADE | VIAGENS DA HELENA

Eu amo ouvir samba. Sim, eu uso até uma expressão de bambas que não deixa lugar a dúvidas Eu sou do Samba. Acordo a ouvir Samba. Trabalho a ouvir Samba. Embalo-me a Sambar. E adoro. O batuque a tocar. A bateria a desenvolver na avenida. As vozes arrastadas. Quentes. Sofridas muitas vezes. Gosto daquele ” la-lái-ia-lá-lai-ia-lá-lai-ía”. E isso faz-me Sentir Feliz! 

O Brasil. O Brasil faz-me sentir muito feliz.

Ouço a voz cantada. Ouço uma música no piano. Vejo uma imagem no Instagram. Derreto-me na hora! Chego ao aeroporto, para partir, quase não me aguento. Quando aterro, já o sorriso está rasgado. Sinto aquele calor húmido que me acaricia. Vivo num estado de permanente felicidade com o Brasil. Lá eu sinto-me muito feliz.

Chocolate preto com passas e avelãs. Vinho branco alentejano fresco. Filmes românticos ingleses. Beijos doces na testa. Conduzir sem obstáculos. Mar quente e ondulado. Sol à sombra da palha perfurada. Vestidos leves e compridos. Que bom!

Amigos que me ligam inesperadamente quando eu mais preciso deles. A minha mãe e o seu jeito ligado-desligado (deu-me sempre o caminho livre para ser quem queria ser). O meu cão Dão (e o Douro que já partiu) de cada vez que se deita aos meus pés (ou ao meu lado, na cama, como uma botija de água quente). Protege-me. Queria que fosse para sempre. Sinto-me abençoada. E sinto-me feliz.

Ouvir a chave na porta. Faz-me sentir feliz. Saber que são os meus filhos que vão a entrar.

Comovo-me sempre que os vejo, que os olho. Mas não te iludas. Eu não sou uma mãe fácil. Eu cobro. Cobro muito deles. Mas eles também se sentem felizes por me terem como mãe. Eu sei!

Mas isto tudo que te falei é a tal sensação de felicidade. É o sentir-me feliz. Ser feliz é outra coisa.

DESTINO COM FELICIDADE | VIAGENS DA HELENA

Ser feliz é uma escolha. E o nosso destino é essa escolha.

Tal Ben Shahar, professor renomado de Harvard, especialista em Psicologia Positiva e Psicologia de Liderança, afirma que “não é preciso ser perfeito para levar uma vida mais rica e mais feliz” e ele afirma também que a felicidade (assim como a alegria) é algo que se aprende, como podemos aprender a jogar golfe. Diz ainda que a ideia de felicidade não chega. É preciso transformar a ideia em hábito.

Por isso, eu afirmo, Ser feliz é uma escolha. É uma escolha consciente e responsável. E depende de nós próprios.

Ser feliz é estar triste (que também é uma sensação e uma escolha) e ainda assim agradecer. Ser feliz é estar doente e lutar por mais uma dia deste milagre que é a vida. Ser feliz é o mundo desmoronar à nossa volta e sorrirmos ao porteiro que nos abre a porta cumprimentado-o. Ser feliz é saber que tudo passa, que vais à luta, que podes cair, que tens de acreditar sempre, que deves aceitar o que não depende de ti, que vais vencer.

E o que te faz Ser Feliz?

É, não é simples esta pergunta. Naturalmente respondemos tanta coisa. Mas assim que aprofundamos a questão percebemos muitas vezes que o que consideramos Felicidade é apenas status, poder económico, formação académica, cargos de direcção, sapatos de sola vermelha, passagens de avião para Paris, dançar até amanhecer no casamento da prima, férias de verão no Algarve, abraços apressados aos nossos filhos. Enfim.

A Felicidade anda com pressa e sem tempo para nada. E por isso mesmo anda na ordem do dia. Sabes que actualmente a verdadeira caça ao tesouro do Homem do Séc. XXI é Ser Feliz. E que difícil é.

Mas afinal, o que é a Felicidade?

Dizem, lá no dicionário português

  1. estado de quem é feliz; contentamento; bem-estar 2. acontecimento feliz; bom êxito 3. boa fortuna; sorte; ventura

Sabes o que penso: que não sabem do que falam. Eu gosto particularmente desta definição:

“O que é a felicidade?
A minha felicidade não é a sua, definitivamente, o que me move pode não o mover, porém, numa coisa temos que concordar, feliz mesmo é aquele que ri do menor (e do maior) dos problemas.”
Paulo Macedo

DESTINO COM FELICIDADE | VIAGENS DA HELENA

E o que será que nos faz Ser Feliz? Essa tal da Felicidade?

Voltando a Tal Ben Shahar. Ele sabe do que fala. Bem, podia simplificar e dar-te as Dez Dicas (detesto esta palavra!) de como Ser Feliz que ele sistematizou no seu best-seller Being Happy. 

Aqui vou apenas fundamentar a sua pesquisa, baseada na sua própria experiência e no seu estudo de milhares de pessoas, onde a fórmula mágica da Felicidade é a combinação da felicidade a curto-prazo (o prazer, a sensação) com a felicidade a longo prazo (o significado que conferimos à nossa vida, o nosso propósito, a nossa existência).

Esta magia chama-se:

Fazer Acontecer!

Sabes, não é a meta que interessa (neste caso é incontornável para todos nós, o fim é o mesmo para todos), mas sim o caminho que percorres desde que te levantas até que te deitas.

É a gratidão com que vives a tua vida. É o tempo que te dedicas a ser feliz que importa.

São os teus, aqueles que guardas junto a ti e alimentas de amor e sonhos. É a aceitação de quem tu és no presente, que nada mudará o teu passado, e que só constróis o teu futuro. É a valorização de quem és com todos os teus defeitos e todas as tuas qualidades.

Ser Feliz é seres quem és, aceitares-te e amares-te. Mais do que tudo. Mais do que todos. E assim, poderes amar os teus. Poderes amar a tua vida. Porque és tu que a escolhes. Todos os dias.

E agora, será que tenho uma receita mágica para o teu Destino?

DESTINO COM FELICIDADE | VIAGENS DA HELENA

Sim, e TU sabes qual é!

Quem está aqui a ler este blog? TU

Quem é que o mundo aguarda? A TI. (há sempre uma excepção que confirma a regra).

Quem quer mudar a tua vida? TU

Quem quer Ser Feliz? TU

Quem vai assumir o teu destino? TU

Então a única regra aceite neste jogo és TU QUE DEFINES. 

TU ÉS A PESSOA MAIS IMPORTANTE DO MUNDO

Tu és única. Tu és especial. Tu és delicada. Tu és bonita. Tu és corajosa. Tu és guerreira. Tu és vitoriosa.

E quando não te sentires assim. Não faz mal. Está tudo bem. Descansa. Chora. Grita. Ganha forças. E volta à vida. Sempre. Sem nunca desistir. Acredita em ti. Porque eu nunca duvidarei do que és capaz. E digo-te

Tu és capaz de ser a tua melhor versão. Tu és capaz de assumir o teu Destino com Felicidade. Porque eu acredito que

 Quando a viagem começa dentro de ti, o mundo aguarda-te.

Eu vou fazer perguntas. Tu vais encontrar respostas. E vou ser Feliz. E tu também. Eu vou continuar por cá nas Viagens da Helena e aguardo por ti numa viagem Universo 7. Agradeço o teu tempo. Espero do fundo do coração que tenhas gostado. 

Um abraço,

Helena