Brasil, Mudar de Vida, Viagens

Segredos de Botequim

Bracarense fachada

O Rio tem lugares que só podem ser o que são porque são lá. Não são exclusivos da cidade maravilhosa mas são únicos. Inimitáveis!

Eu sempre ouvi falar de botequins ou botecos e quem, como eu, viu dezenas de telenovelas brasileiras sabe o que são, quem os frequenta e o que representam na sociedade brasileira, mas principalmente entre os cariocas. São o ponto de encontro de quem gosta de comer bom e barato, beber muito e bem servido e falar, falar muito, falar de tudo e falar uns com os outros, quer se conheça ou não! E todos, literalmente todos, são bem vindos … Eu diria é uma instituição carioca!

Não há ordem preferência nos que aqui vou apresentar … são de visita obrigatória, são genuinamente cariocas e dizem que são os melhores no que apresentam. E são, cada um da sua forma!

Cervantes I

O Cervantes tem sessenta anos e começou por ser uma simples mercearia que, também, fornecia sandes muito bem servidas. Mais tarde, passou para a mão de dois espanhóis que o adaptaram a restaurante mantendo as sandes que se tornaram famosas pela qualidade e fartura: ananás grelhado, bife de lombo e uma generosa fatia de paté de ganso. A que eu comi e adorei!

Cervantes II

Fica em Copacabana, na rua Prado Junior e o seu horário tardio de fecho, lá pelas quatro da manhã, transformou o Cervantes num local de referência e preferência para a boémia.

Porto seguro na madrugada, onde se mata a fome com um ótimo sanduíche, depois é só ir pra casa e dormir ‒ conforme comentam os frequentadores.

Galeto Sats I

Ainda em Copacabana, mesmo ali ao lado, na Rua Barata Ribeiro, o Galeto Sat’s é um botequim queridinho dos cariocas, e só pode ser, porque tem um galeto na brasa (frango bem pequeno) com molho à base de laranja, limão, manteiga, ervas, pimenta e alho que já é um clássico da baixa gastronomia carioca e uma delícia! Além dos miúdos de frango salteados em alho que só se pára de comer quando acabam!

Galeto Sats II

É frequentado por gente bonita, por gente boémia, por gente do Rio!

Bracarense II

E, nesta escolha, em último, e o meu preferido, está o Bracarense, no Leblon, na Rua José Linhares, dizem tem o melhor chope gelado e um bolinho de camarão e catupiry que é uma lenda! Será? Ah, com certeza!

Bracarense III

Fotografias a comer? É, esta eu deixei porque eu estava tão deliciada com aquele bolinho que seria difícil outra que revelasse o meu estado de espirito.

mh

4 thoughts on “Segredos de Botequim”

Gostou? Que bom! Deixe um comentário. Até breve!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s