Viagens

#8 Relaxe!

#8 – A pressa é inimiga da boa experiência. Mais tempo para ver, menos correria para conhecer ou mesmo não fazer nada. Relaxe!

Eu adoro bater perna numa cidade … conhecer os pontos bem guardados por quem lá vive, deslumbrar-me com os monumentos, imagem guardada na mente de quem lá vai ou deseja ir, sentar-me na esplanada bem posicionada da praça a ver as gentes passar …

Contemplar

mas depois gosto também de não fazer nada … aqui em cima estava a norte e contemplava o oceano, mas lembro-me há uns anos, num agosto quentíssimo, numa férias de família com  três miúdos dos 6 aos 12, de fazer uma viagem pelas estradas alentejanas ficando nas Pousadas de Portugal, entre castelos e paços reais.

thumb_464647_434138959934368_542672447_o_1024

Fiquei na Pousada Castelo do Alvito, o calor apertava, rondando os 40º, os miúdos já tinham tido a sua quota de água e o sol não permitia mais exposição, foram almoçar e dar um passeio a tarde toda … e eu não … eu fiquei na piscina … podem não creditar … mas com uma sandwich club, um sumo de fruta cheio de gelo e muita água, junto com o meu livro da altura, Madrugada Suja, do Miguel Sousa Tavares, que me prende sempre do início ao fim, fazendo-me desejar ser protagonista das suas narrativas,

Madrugada Suja MST

fizeram daquela tarde uma verdadeira homenagem ao ócio … refrescava-me com banhos demorados, secava-me à sombra, lia página após página, começava a ouvir as cigarras com o fim da tarde a chegar e assim guardei até hoje esta lembrança … de nada fazer para além do que me deu prazer, em silêncio, só, a desfrutar!

CASA MUSEU JORGE AMADO

Mas depois também, chegada a Salvador, parada nas pedras sujas e gastas (como as do Porto) do Pelourinho, olhei a Casa Museu de Jorge Amado, onde tantas vezes sonhei estar, entrei e perdi-me uma manhã inteira em curiosidades, manuscritos, fotografias … perdi-me em Jorge Amado, nas suas mulheres de Tereza Batista, a Gabriela – cravo e canela, a Dona Flôr e a Tieta do Agreste. E deixei-me estar. Confortada por chegar a casa onde sonhei tanto, às páginas desfolhadas, anotadas, dobradas, acariciadas.

Para tudo deixo-me sempre o direito de ter tempo, o meu tempo! E relaxo!

mh

Gostou? Conte-me tudo e partilhe com os amigos!

 

1 thought on “#8 Relaxe!”

Gostou? Que bom! Deixe um comentário. Até breve!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s